ESTUDO BÍBLICO

BASEADO NO LIVRO SINAIS DE ESPERANÇA

Alejandro Bullón

 

ÍNDICE
1. Uma Pergunta Fundamental
2. Tempos de Guerra
3. Mensagem Falsificada
4. Um Mundo sem Deus
5. A Revolta da Natureza
6. Crise Econômica
7. Sinal do Fim
8. Esperança no Horizonte

 

1. Uma Pergunta Fundamental

INTERAÇÃO (Quebra Gelo)


Estudo de caso – Participe, discuta em Grupo:
Imagine que você tenha sido convocado para ser o advogado de defesa de Ernie Chambers. Ele é aquele advogado e senador que nos Estados Unidos entrou com um processo contra Deus acusando-O de ser o causador de todas as inundações
devastadoras, terremotos, furacões, pragas, doenças, ações terroristas, fome, guerras genocidas e outras catástrofes mundiais. (SE, 7 e 8)*. Imagine que o processo tenha se voltado contra Chambers e agora ele está sendo acusado de blasfêmia
contra Deus. Que argumentos você usaria para convencer o júri de que seu cliente não deve ser condenado?


INTRODUÇÃO


Não concordamos com a ridícula ação judicial de Chambers, mas uma pergunta está no ar: “O que está acontecendo com o nosso velho mundo?” Como explicar tantas catástrofes naturais, tanta dor e desespero? Há algo por trás da cortina? Durante estes estudos baseados no livro “Sinais de Esperança” de Alejandro Bullón, descobriremos que os acontecimentos atuais apontam para algo grandioso que se aproxima: a breve volta de Jesus.
Esperança de um novo dia e de um mundo novo!

OBSERVAÇÃO


Leia: Mateus 24:1 a 3.
Participe - Discuta em Grupo:
Escolha uma das afirmações abaixo e destaque algo que você percebeu nas entrelinhas do texto. Este relato aconteceu dias antes da morte de Jesus. O foco de atenção dos discípulos parece não ser o mesmo de Jesus. Parece que a abrupta e catastrófica resposta de Jesus falando da destruição do templo, despertou nos discípulos uma preocupação quanto ao futuro.
Comentários e Curiosidades
Você Sabia que... “O Templo de Jerusalém tinha um papel central na religião, na vida e mesmo na economia da nação judaica.” (SE 106)*. As construções deste Templo começaram com Herodes o Grande em 20 a.C. Ele era magnífico. “O brilho das coisas que podem ser tocadas fascina o ser humano. E, sem dúvida, o templo, com seus enormes pilares de mármore, o ouro dos detalhes interiores e de suas colunas gigantescas é esplêndido, impressionante. Vinte e um séculos se passaram e continuamos fascinados pelo que nossos cinco sentidos podem captar.” (SE 12)*.

INTERPRETAÇÃO


Participe - Discuta em Grupo:
Que lição Jesus quis ensinar ao desviar a atenção dos discípulos da majestade do Templo com a notícia catastrófica, “não ficará pedra sobre pedra?” Quão significativa e abrangente foi a pergunta feita pelos discípulos a Jesus? O fato de ter sido feita em particular e não em público, teria algum significado?


Ilustração:


O pastor Bullón (SE 14)*, falando sobre a importância de se ter esperança em meio às trevas que nos rodeiam, relata sua experiência quando esteve perdido, na selva, durante uma noite. Já havia andado o dia inteiro e estava sem forças. O índio que o acompanhava aconselhou que dormisse às margens de um rio. – Amanhã será outro dia – disse o índio. Eles pararam e a noite chegou com ruídos estranhos. Ele relata: “Quase não dormi. A escuridão me incomodava. Seus ruídos me perturbavam. Sentia a escuridão nos meus olhos, no ar que respirava, roçando minha pele, como que procurando me intimidar. Deveriam ser quatro ou cinco da manhã quando perguntei ao guia: A noite está ficando ainda mais escura ou é simples impressão minha? – Não é impressão sua. A noite ficou mais escura, mas não se preocupe. Isso significa que, de um momento para o outro, vai raiar o sol”. Há noites tão densas na vida, tão escuras e tão tristes... Noites que dão a impressão de ser eternas. Porém, não há o que temer.
Depois da noite vem o dia. Quanto mais densa a escuridão, mais próximo está o novo dia.


APLICAÇÃO


Participe - Discuta em Grupo:
De que maneira você encarará as noites escuras da vida após o estudo de hoje?


CONCLUSÃO


“A noite deste mundo está cada vez mais densa. Há dor, tristeza e morte ao nosso redor. Há injustiça, miséria e fome à nossa volta. Às vezes, dá a impressão de que tudo está perdido. Não é verdade. A noite deste mundo logo vai cessar. O sol de um novo dia já desponta no horizonte. O senhor Jesus vem nos buscar. – Venha a Mim – Ele diz com Sua voz mansa. – Confie em Mim para atravessar as horas de escuridão que ainda restam. O que você vai fazer? Aceitará Seu convite? A resposta é só sua.” (SE 15)*.
* SE = Livro: Sinais de Esperança de Alejandro Bullón
Atenção: Para o próximo estudo leia o Capítulo II (Tempos de Guerra) do livro “Sinais de Esperança”.

 

2. Tempos de Guerra

 

INTERAÇÃO (Quebra Gelo)


Estudo de caso – Participe, discuta em Grupo:
Suponha que o Conselho de Segurança das Nações Unidas tenha convocado o seu Pequeno Grupo para ajudá-lo na formulação de uma resolução de paz para dois países que estejam em conflitos bélicos. Vocês precisam apresentar pelo menos três sugestões que, se aplicadas, trará um cessar fogo de imediato. Ajude seu Pequeno Grupo a encontrar propostas que sejam realmente eficazes para acabar com a guerra.


INTRODUÇÃO


Um dos mais incontestes sinais sobre a breve volta de Jesus são as guerras. Alguém pode argumentar: Por acaso, não houve guerra desde que o homem apareceu na Terra? É verdade, entretanto, nunca na história se viveu em tamanha tensão e sob
tanta violência como se vive hoje. É a proliferação da guerra, por assim dizer. O que fazer? As entidades que promovem a paz não têm saídas. Somente em Jesus há solução para este mundo caótico.

OBSERVAÇÃO


Leia: Marcos 13:7-8.
Participe - Discuta em Grupo:
Escolha uma das afirmações abaixo e destaque algo que você percebeu nas entrelinhas do texto.
“Em dado momento aumentariam as notícias sobre as guerras.”
“Para certa classe de pessoas as noticias sobre as guerras, não lhes causam surpresa.”
“O aumento das guerras e da violência não será o fim do mundo.”


Comentários e Curiosidades


Você Sabia que... A primeira Guerra Mundial matou 10 milhões
de pessoas, e a segunda, acabou com a vida de 55 milhões de seres humanos? Os gastos com armamentos hoje chega a 835 bilhões de euros por ano; 15 vezes mais que o volume da ajuda humanitária internacional. (SE 19)*. Como se não bastasse as guerras entre as nações, os noticiários nos dão conta, diariamente, de ações terroristas, homens bombas, guerrilhas, facções criminosas, grupos armados e indivíduos que seqüestram pessoas, invadem escolas e fazem pessoas reféns. Cenas de horror, muito mais terrível que as produzidas por efeitos especiais de filmes.


INTERPRETAÇÃO


Participe – Discuta em Grupo:
1)O que Jesus queria dizer, ao afirmar: “Não vos assustei; é necessário assim acontecer, mas ainda não é o fim?”
2) O que podemos entender das palavras de Jesus: “Estas cousas são o princípio das dores?”


Ilustração:


Em 1984 (SE 22 e 23)*, o pastor Bullón dirigiu uma série evangelística no Estádio Nacional de Lima. Quarenta mil pessoas lotavam o estádio todas as noites. Um mês depois ele recebeu uma carta de um militante do movimento guerrilheiro que tanta dor causou ao seu povo. A carta dizia: “Estive no Estádio Nacional, não porque interessasse pelo que o senhor ia dizer. Estava lá numa missão designada pelo meu grupo. Estamos presentes em todos os lugares, com os olhos e os ouvidos atentos. Eu não sou mau. Sou simplesmente um sonhador. Sonho com um país livre, onde crianças nasçam com esperança, e não condenada a uma vida de exploração e miséria. Infelizmente, para construir esse país, é necessário destruir a sociedade estabelecida. Eu pensava que para isso devia-se pagar um preço, e o preço era o derramamento do sangue de gente inocente. Mas naquela noite, eu o ouvi falar de Jesus. Descobri que todo o sangue que seria necessário derramar para construir uma sociedade nova já havia sido derramado na cruz do Calvário.”


APLICAÇÃO


Participe - Discuta em Grupo:
Como é possível viver em paz em um mundo agitado pelas guerras?


CONCLUSÃO


“Este foi sempre o grito desesperado do coração humano: O que faço? Que farei? Para onde vou? Em meio ao torvelinho de lutas e aflições, eu convido você a ouvir a voz mansa de Jesus: “Deixo-vos a paz, a Minha paz vos dou; não vo-la dou como a dá o mundo. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize” (João 14:27). Nos tempos de conflitos e guerras em que vivemos, não pode haver convite mais doce. Você aceitará o convite? A resposta é apenas sua.” (SE 23)*.
* SE = Livro: Sinais de Esperança de Alejandro Bullón
Atenção: Para o próximo estudo leia o Capítulo III (Mensagem
Falsificada) do livro Sinais de Esperança.

 

 

3. Mensagem Falsificada

 

INTERAÇÃO (Quebra Gelo)


Estudo de caso – Participe, discuta em Grupo:
Já imaginou se em sua cidade aparecesse uma pessoa dizendo ser a encarnação de Cristo? Circulasse em carros luxuosos e vivesse numa mansão de sete milhões de dólares? Quando os jornalistas lhe perguntassem por que veste roupas tão caras se
Jesus andava na Terra com uma túnica velha, a resposta fosse:
“Na minha primeira vinda, estive aqui para sofrer e morrer.
Agora, voltei para reinar”. Obviamente você sabe que se trata de uma fraude; no entanto, um dos seus mais queridos familiares passa a ser seguidor desse falso Cristo. Que duas ou três ações você desenvolveria, de imediato, para livrá-lo do impostor?


INTRODUÇÃO


O engano, a mentira e a sedução serão as armas mais poderosas
usadas por Satanás, exatamente antes da volta de Jesus. “As pessoas se rendem diante dos sinais e dos prodígios. Aceitam o engano como se fosse a verdade da parte de Deus...
Qualquer ser humano corre o risco de ser enganado e servir de instrumento do mal” (SE 31)*. Felizmente, encontramos na Palavra de Deus orientações seguras para não sermos enganados e estar preparados para o encontro com Cristo.


OBSERVAÇÃO


Leia: Mateus 24:23-26.
Participe - Discuta em Grupo:
Escolha uma das afirmações abaixo e destaque algo que você percebeu nas entrelinhas do texto.
“No mundo “correrá” notícias do aparecimento de Cristo.”
“O engano será tão bem engendrado que até gente esclarecida pode ser enganada.”
“Ninguém precisa ser enganado.”
Comentários e Curiosidades
Você Sabia que... É possível detectar um falso profeta: “Nem todo o que Me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos Céus. Muitos, naquele dia, hão de dizer-Me: Senhor, Senhor! Porventura não temos profetizado em Teu nome, e em Teu nome não fizemos muitos milagres? Então, lhes direi explicitamente: Nunca vos conheci ” Mateus 7:21-23. Os milagres e os prodígios não são necessariamente, evidências de que Deus está por trás dessas “maravilhas” (SE 31)*. O inimigo usa camuflagem: “E não é de admirar, porque o próprio Satanás se transforma em anjo de luz” 2 Coríntios 11:14.


INTERPRETAÇÃO


Participe – Discuta em Grupo:
Em que nível chegará os sinais e prodígios realizados pelos falsos cristos e falsos profetas?
Qual o significado da frase de Jesus: “Vede que vo-lo tenho predito”?
Comentários e Curiosidades
Você Sabia que... A única vacina contra os enganos do inimigo é o conhecimento da Palavra de Deus. Jesus disse: “Conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará” João 8:32. “Santifica-os na verdade; a Tua palavra é a verdade”João 17:17. A Bíblia mostra que a volta de Jesus é inconfundível: “Porque, assim como o relâmpago sai do oriente e se mostra até o ocidente, assim há de ser a vinda do Filho do homem” Mateus 24:27. Será visível para todo o mundo. “Todo olho O verá” Apocalipse 1:7. Portanto, “Se alguém vos disser: Eis aqui o Cristo! Ou: Ei-lo ali! Não crediteis” Mateus 24:23.


APLICAÇÃO


Participe - Discuta em Grupo:
Quão importante é para você conhecer bem este sinal da volta de Jesus?


CONCLUSÃO


Quando garoto, o pastor Bullón fugiu de casa por medo do castigo (SE 33)*. Correu pensando que iria ao lugar mais distante da face da Terra em que nem sua mãe o encontraria. Correu sem saber para onde. As sombras da noite chegaram. O canto ameaçador das corujas parecia a gargalhada sinistra da noite. Estava cansado, com frio e com fome. Agachado debaixo do umbral de uma casa abandonada, vencido pelo cansaço dormiu. Acordou assustado, alguém acariciava seu rosto docemente. Era sua mãe. – Já está bem, filho – sussurrou em seus ouvidos com ternura – Você já correu muito; chegou a hora de voltar. Vamos para casa. Essa é a verdade mais maravilhosa de todos os tempos. Você também já correu demais, já chorou. Já feriu seus pés na areia quente do deserto desta vida. “Já está bem, filho”, Jesus lhe diz,“Chegou a hora de voltar. Vamos para casa.” Você aceitará o convite? A resposta é só sua.
* SE = Livro: Sinais de Esperança de Alejandro Bullón
Atenção: Para o próximo estudo leia o Capítulo IV (Um Mundo sem Deus) do livro Sinais de Esperança.

 

4. Um Mundo sem Deus

 

INTERAÇÃO (Quebra Gelo)


Estudo de caso – Participe, discuta em Grupo:
João é um cristão. Estuda em uma Universidade. Ele está cercado de professores e amigos que diariamente contestam sua crença religiosa. Alguns acham ridículo que ele creia em Deus e na Bíblia. Outros estranham que ele não acredite em astrologia,
discos voadores, fantasmas, cristais e outros tipos de superstições. Alguns o acham radical e honesto demais. Como João pode ser ajudado pelo seu Pequeno Grupo? Que conselhos
você daria sobre o comportamento dele na Universidade?


INTRODUÇÃO


Os nossos dias têm sido marcados por uma ausência de Deus no coração das pessoas. Tem crescido o numero dos “sem igreja”, “Não crer em Deus é quase regra entre os intelectuais. A revista Nature afirma que 60% dos homens de ciência são ateus” (SE
38)*. Tem havido também um aparente despertar do ser humano em favor da religiosidade, no entanto, não é uma volta à Bíblia, não aos valores absolutos de um Deus absoluto, mas a um relativismo de um cristianismo sem Cristo. O apóstolo Paulo
menciona esse tipo de cristianismo como um sinal dos tempos do fim: “Tendo forma de piedade, negando-lhe, entretanto, o poder” 2 Timóteo 3:5.


OBSERVAÇÃO


Leia: Romanos 1: 21, 22 e 25.
Participe - Discuta em Grupo:
Escolha uma das afirmações abaixo e destaque algo que você percebeu nas entrelinhas do texto.
“Muitos creem em Deus, mas isso não afeta sua vida.”
“Muitos creem que o homem não precisa de Deus.”
“Muitos creem na sua própria visão de Deus.”
Comentários e Curiosidades
Você Sabia que... “A verdade é que a criatura determinou, em seu coração, não crer mais em Deus, ou crer nEle apenas como energia despersonalizada, uma força interior ou simplesmente um deus, com minúscula, que ela pode manejar a seu belprazer. Tirou o Deus criador e todo-poderoso do cenário de sua existência. Apesar da atitude atrevida da criatura, Deus continua no controle da vida e do Universo” (SE 33)*.


INTERPRETAÇÃO


Participe – Discuta em Grupo:
1) Qual você pensa é a verdade central desta frase: “Inculcandose por sábios, tornaram-se loucos”?
2) Qual é o sentido por traz desta afirmação: “Mudaram a verdade de Deus em mentira”?


Ilustração:


Veja a seguir, de forma resumida, a narração feita pelo pastor Bullón do seu diálogo com um professor ateu: “Ele me pergunta quem sou e o que faço. Ao ouvir minha resposta, quase com compaixão, me pergunta sorrindo: - É possível acreditar em Deus nos nossos dias? Percebo a ironia em sua voz. Desde então, sempre que pode, o professor conduz nossa conversa para o terreno religioso. Quer me provar que Deus não existe. Passam-se os dias. Certa manhã, despejou uma enxurrada de argumentos contra a existência de Deus. – Está bem, professor – digo. – Imaginemos que o senhor tenha razão. Deus não existe. Imaginemos também que o senhor tenha um único filho, de 20 anos, a quem ama muito. Para sua tristeza, ele está afundado nas drogas, é um viciado. O senhor já fez tudo que pôde para ajudá-lo. O senhor acaba de me “provar” que Deus não existe. Então me diga: que esperança resta para seu filho? Ele tenta dizer algo, mas não consegue. Vejo-o esconder uma lágrima rebelde. No dia seguinte, fico sabendo que tem um filho. Um único filho, de 20 anos, completamente destruído pelas drogas... Aquele professor de inglês em uma famosa escola de idiomas, havia deixado de prestar culto ao Criador e honrava a criatura. Usava uma corrente de ouro no pescoço, de onde pendia uma pequena pirâmide de cristal.
Acreditava em uma energia cósmica. Considerava isso mais sábio e inteligente do que elevar seu clamor a Deus” (SE 34- 34 e 40)*.


APLICAÇÃO


Participe - Discuta em Grupo:
Que cuidados devemos ter para não nos esquecermos de que saímos das mãos de Deus?


CONCLUSÃO


Há mais de dois mil anos, contemplando o panorama espiritual de nossos dias, o Senhor Jesus fez a seguinte pergunta: “Quando vier o Filho do homem, achará, porventura fé na Terra?” (Lucas 18:8). O que estava querendo dizer é se os homens ainda se lembrariam de que Ele os ama e os espera de braços abertos. Ainda se lembrariam? A resposta é apenas sua.
* SE = Livro: Sinais de Esperança de Alejandro Bullón
Atenção: Para o próximo estudo leia o Capítulo V (A Revolta da Natureza) do livro Sinais de Esperança.

 

5. A Revolta da Natureza

 

INTERAÇÃO (Quebra Gelo)


Estudo de caso – Participe, discuta em Grupo:
Fernanda cursa o Ensino Médio. Como tarefa de Geografia, ela está preparando um trabalho sobre Ecologia; como parte da tarefa precisa entrevistar várias pessoas. Faça de conta que você é um dos entrevistados. Opine sobre uma das seguintes questões:
a) Quem são os responsáveis pelo aquecimento global?
b) Qual o papel da sociedade para evitar o efeito estufa, inundações, secas e poluição?


INTRODUÇÃO


O que está acontecendo com o Planeta? Enlouqueceu? Estes tipos de perguntas aparecem sempre que ouvimos de catástrofes como: Tsunami, Furacões, Terremotos, Secas e Inundações que matam milhares de pessoas. “Apenas de janeiro a outubro de
2005 quase 100 mil pessoas morreram em todo o mundo por catástrofes naturais” (SE 50)*. Motivos inexplicáveis? É o que estudaremos hoje, mais alguns dos sinais da volta de Jesus.


OBSERVAÇÃO


Leia: Lucas 21:25-26.
Participe - Discuta em Grupo:
Escolha uma das afirmações abaixo e destaque algo que você percebeu nas entrelinhas do texto.
“Os sinais da natureza provocam algumas reações na humanidade.”
“Os sinais da natureza indicam algo maior para acontecer.”


Comentários e Curiosidades


Você Sabia que... “Angústias entre as nações em perplexidades por causa do bramido do mar.” Não lhe dá a impressão de que o Senhor Jesus está descrevendo nosso tempo, nossos medos em nossos dias? Lembra do Tsunami na Indonésia? Uma onda gigante que fez ilhas e cidades desaparecerem e matou quase 200 mil pessoas. (SE 49)*. Lembra do furação Katrina? (SE 50)*. Submergiu a cidade de Nova Orleans causando mortes e destruição. Lembra das notícias sobre o aquecimento global? (SE 51)*. Elas nos dão conta do “efeito estufa”, ou os gases tóxicos, provenientes das fábricas, dos veículos, queima de florestas, etc., esses gases destroem a camada de ozônio e, em conseqüência, temos: o aquecimento global, descongelamento das geleiras e a subida do nível do mar; num futuro breve fará submergir as principais cidades costeiras do mundo. Tudo isso, somados aos terremotos, nevascas, tornados, tempestades e enchentes que falam da revolta da natureza e da breve intervenção de Cristo neste mundo.


INTERPRETAÇÃO


Participe – Discuta em Grupo:
Segundo as palavras de Jesus: “os poderes dos céus serão abalados”. Qual a extensão desses acontecimentos na natureza? Quão amplos são os efeitos provocados pelo cumprimento desses sinais na natureza?


Comentários e Curiosidades


Você Sabia que... Esses sinais que afetam o Sol, a Lua e as estrelas tiveram um cumprimento parcial no passado. Mas no futuro, pouco antes da volta de Jesus esses fenômenos voltarão
a acontecer de maneira completa. O dia 19 de maio de 1780 aparece como a descrição do Dia Escuro, que se estendeu por toda a Nova Inglaterra. Nos dias seguintes a Lua ficou vermelha como sangue. No dia 13 de novembro de 1833 foi a queda das estrelas. Uma chuva de meteoros, ou estrelas cadentes. Por quase quatro horas o céu foi literalmente iluminado. Para maiores detalhes desses eventos leia (SE 53 e 54)*.


APLICAÇÃO


Participe - Discuta em Grupo:
Quando o pastor Bullón encontrou seu filho que estava perdido (SE 55)*, perguntou-lhe: - Você não estava com medo? – Medo? Por quê? – respondeu com ingenuidade. - Quando as crianças se perdem, sentem medo – ele lhe disse. O garoto arregalou os olhos, surpreso, e lhe assegurou com firmeza: Eu não estava perdido; só o estava esperando. O senhor não ia me buscar? De que maneira a certeza de que Jesus voltará para lhe buscar, o ajuda a encarar a revolta da natureza?


CONCLUSÃO


Os desastres naturais nos enchem de pavor. Os prognósticos da ciência são apavorantes. Em meio a essa expectativa de presságios tenebrosos, eu queria que você soubesse que Jesus já vem para lhe buscar. Você não está perdido. Há esperança! A aurora do dia eterno já desponta. Enquanto o dia amanhece, veja a promessa que Deus lhe faz: “Quando passares pelas águas, Eu serei contigo; quando, pelos rios, eles não te submergirão; quando passares pelo fogo, não te queimarás, nem a chama arderá em ti” (Isaias 43:2). A resposta é só sua. (SE 56)*.
* SE = Livro: Sinais de Esperança de Alejandro Bullón
Atenção: Para o próximo estudo leia o Capítulo VI (Uma Sociedade sem Coração) do livro Sinais de Esperança.

 

6. Crise Econômica

 

INTERAÇÃO (Quebra Gelo)


Estudo de caso – Participe, discuta em Grupo:
Faça de conta que um casal muito amigo seu é exageradamente focado no assunto financeiro. Lêem livros sobre como ficar rico, valorizam o dinheiro, os bens materiais e o lazer. Ultimamente com as notícias de uma crise econômica eles entraram em
“parafuso” e, conseqüentemente, seu casamento está sendo afetado chegando até a falar em separação. Além de orar com e por eles, o que mais você faria para ajudá-los, nesse momento?


INTRODUÇÃO


Por todos os lados ouvimos notícias relacionadas com a parte financeira. Recessão econômica, desigualdade social, desemprego, greve e fome. Quando ocorre uma crise econômica, os pobres são os que mais sofrem. “Uma das evidências de que a
volta de Cristo está próxima é justamente a situação de exagerada riqueza para poucos e extrema pobreza para muitos. A Bíblia afirma que, nos últimos tempos, o clamor das pessoas sofredoras provocará conflitos sociais terríveis entre o capital e o
trabalho” (SE 76)*.


OBSERVAÇÃO


Leia: Tiago 5:1-4.
Participe - Discuta em Grupo:
Escolha uma das afirmações abaixo e destaque algo que você percebeu nas entrelinhas do texto.
“Em dado momento as riquezas em si mesmas de nada valerão.”
“Os patrões infieis prestarão contas a Deus.”


Comentários e Curiosidades


Você Sabia ... De acordo com o informativo do Projeto contra a Fome, da ONU, a cada segundo morre uma pessoa por causa da fome. O dramático é que 70% dessas vítimas são crianças menores de cinco anos. A FAO (Food and Agriculture Organization) estima que pelo menos 820 milhões de seres humanos passam fome e sofrem de desnutrição no mundo.
A recessão econômica se aproxima como fantasma. Os países ricos estão assustados. Segundo especialistas, o panorama presente nos dá as opções de escolher entre uma crise violenta,
mais curta, ou outra menos intensa, mas longa. Não há saída. Como sempre ocorre em toda situação de risco, os pobres serão os que mais sofrerão (SE 76,79)*.


INTERPRETAÇÃO


Participe – Discuta em Grupo:
Como este texto aponta para as desigualdades sociais, greves, protestos públicos e delinqüências dos nossos dias? Qual o sentido da frase: “o vosso ouro e a vossa prata foram gastos de ferrugens”? Por que acumular riquezas não é sinônimo de felicidade?


Comentários e Curiosidades


Você Sabia que... Quando o apóstolo Tiago disse que os trabalhadores clamariam pelo salário que não lhes foi pago, também se referia às greves e aos movimentos sindicais. Exigem melhores salários e melhores condições de trabalho. Eu o desafio. Dê uma olhada no noticiário internacional e você comprovará as inúmeras paralisações. A luta entre o capital e o trabalho estava anunciada na Bíblia há muito tempo. É um dos sinais da volta de Jesus (SE 78,79)*.


APLICAÇÃO


Participe - Discuta em Grupo:
Jesus disse que toda pessoa que ouve Suas palavras e as pratica é comparado a um homem que edificou sua casa sobre a rocha; quando veio a tempestade a casa não caiu. Porém, a pessoa que ouviu Suas palavras e não as praticou é comparado a um homem que edificou sua casa sobre a areia; quando veio a tempestade a casa desabou e foi grande a sua ruína (Mateus 7:24-27). Quão importante é estar edificado sobre a rocha diante das crises da vida?


CONCLUSÃO


O dinheiro é importante, mas quando o ser humano se encontra afastado de Deus vive permanentemente insatisfeito. E se transforma em uma pessoa obcecada. Seu coração é como a terra sedenta do deserto. Necessita de água. Mas o homem confunde tudo. Corre atrás do dinheiro e se agarra a ele como se fosse sua única fonte de segurança, sua tábua de salvação. É areia. Pura areia. Areia sem consistência. Vêm tempos perigosos. Tempestades e vendavais financeiros se aproximam da Terra. A Bíblia disse que seria assim. Quando esses tempos chegarem, onde estará edificada sua casa? A resposta é só sua (SE 80)*.
* SE = Livro: Sinais de Esperança de Alejandro Bullón
Atenção: Para o próximo estudo leia o Capítulo (Sinal do Fim) do livro Sinais de Esperança.

 

7. Sinal do Fim

 

INTERAÇÃO (Quebra Gelo)


Estudo de caso – Participe, discuta em Grupo:
João é uma pessoa muito bem informada. Lê diariamente jornais e revistas; assiste aos noticiários da TV e gosta de conversar sobre os últimos acontecimentos, seja do esporte, da política ou economia. Quando perguntado por que gosta tanto de notícias ele responde: faço parte desse mundo, as noticias têm tudo a ver comigo. O que existe em uma notícia que tanto fascina e atrai a atenção de pessoas como João?


INTRODUÇÃO


O propósito do evangelho é elevar o ser humano caído e restaurar nele a imagem perdida do Criador. As pessoas de todos os tempos e de todos os lugares sempre precisaram do evangelho. Mas, se houve um período da historia em que as
boas-novas de Jesus deveriam ser pregadas com força, este tempo é hoje. Jesus ama essas pessoas e quer salvá-las. Por isso, entre os sinais profetizados para o tempo do fim, incluiu também a pregação do evangelho a todas as criaturas (SE 82)*.


OBSERVAÇÃO


Leia: Apocalipse 14:6 e 7 e Mateus 24:14.
Participe - Discuta em Grupo:
Escolha uma das afirmações abaixo e destaque algo que você percebeu nas entrelinhas do texto.
“É significativo o tipo de evangelho que é trazido pelo anjo, a época em que é pregado e o público a que ele se destina.”
“O tempo da volta de Cristo é caracterizado pelo cumprimento deste sinal.”


Comentários e Curiosidades


Você Sabia que... Em que consiste o evangelho? No anúncio da salvação, o centro do evangelho é Cristo. É o que Ele fez, faz e fará pela raça humana. São notícias de perdão e restauração. Quem é esse anjo? Quem ele representa? Em linguagem profética, um anjo simboliza um mensageiro ou um grupo de mensageiros. Isto quer dizer que, antes da volta de Cristo, Deus arrumaria um grupo de mensageiros que proclamariam o evangelho eterno a todo o mundo. Neste exato momento, milhões de cristãos fervorosos estão pregando as boas-novas do evangelho em lugares mais longínquos do Planeta, de forma pessoal ou pelo rádio, televisão e internet, ou disseminando toneladas de livros e revistas impressos com as verdades bíblicas para o tempo em que vivemos. O sinal que Jesus mencionou como uma evidência de Sua volta está se cumprindo de maneira extraordinária (SE 83, 84, 82)*.


INTERPRETAÇÃO


Participe – Discuta em Grupo:
1) Em que consiste a mensagem pregada pelo anjo? Qual o seu significado?
2) Por que Deus esperará até que o evangelho seja pregado a todo o mundo e nações?


Comentários e Curiosidades


Você Sabia ... Os componentes da mensagem total do evangelho. Primeiro, eu sou um pecador, e nada do que eu faça por minhas próprias forças pode me livrar da condenaçãoa que meus pecados me submeteram. Segundo, a justiça só vem de Jesus, que morreu na cruz por mim e me oferece, gratuitamente, Sua graça. Terceiro, se eu não aproveito hoje a maravilhosa graça de Jesus vou ter de prestar contas da minha decisão no processo judicial que enfrentarei diante do tribunal divino (SE 85)*.


APLICAÇÃO


Participe - Discuta em Grupo:
Que importância tem a pregação do evangelho em sua vida?


CONCLUSÃO


Muito em breve chegarão o dia e a hora, no cronograma divino,
em que o Pai dirá ao Filho: “Vá e traga Meus remidos, aqueles que creram em Mim e estiveram dispostos a Me obedecer, mesmo correndo o risco de perder a vida. Vá e traga o que de mais precioso tenho, traga os Meus filhos. Não posso mais vê-los sofrendo por causa do pecado, não posso mais viver sem eles. A mesa está pronta, o banquete está preparado. Só faltam eles; por favor, vá e traga-os.” Quando esse dia chegar, você estará pronto para ir com Jesus? A resposta é só sua (SE 87)*.
* SE = Livro: Sinais de Esperança de Alejandro Bullón
Atenção: Para o próximo estudo leia o Capítulo (Uma Estranha
Perseguição) do livro Sinais de Esperança.

 

8. Esperança no Horizonte

 

INTERAÇÃO (Quebra Gelo)


Estudo de caso – Participe, discuta em Grupo:
Guilherme é um jovem que, ao ouvir falar dos sinais da volta de Jesus, ficou assustado e com medo. O que você falaria para Guilherme depois da leitura do Livro “Sinais de Esperança” e destes estudos no Pequeno Grupo?


INTRODUÇÃO


Falando de como seria Sua vinda, Jesus disse que aconteceria como nos dias de Noé: “comiam e bebiam, casavam e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca, e não o perceberam”. Não há nenhum problema em se casar ou dar-se em casamento. O tema central é o surpreendente retorno de Jesus. Todo mundo estará envolvido em sua rotina diária. Pouca gente levará em conta os sinais dos tempos. Foi assim nos dias de Noé (SE 99)*.


OBSERVAÇÃO


Leia: Mateus 24:36-37.
Participe - Discuta em Grupo:
Escolha uma das afirmações abaixo e destaque algo que você percebeu nas entrelinhas do texto.
“O elemento surpresa estará presente na volta de Jesus.”
“A volta de Cristo tem similaridade com o dilúvio.”


Comentários e Curiosidades


Chegará um dia em que acordaremos como sempre o fazemos. Gente correndo, à semelhança de todos os dias, atrás de seus sonhos. Os empregados estarão nos locais de trabalho cumprindo suas tarefas. Nas escolas os alunos continuarão estudando como sempre. Os lugares de lazer estarão cheios. Nada de anormal. Nada de diferente. Tal como nos dias de Noé. Subitamente, no meio do céu, aparecerá uma nuvem branca. Aumentará de tamanho à medida que os segundos passam. A Terra estremecerá em seus fundamentos... Enquanto muita gente corre assustada, os que creram em Sua vinda e se prepararam levantarão os braços e dirão: „Eis que este é o nosso Deus, em quem esperávamos, e Ele nos salvará; este é o Senhor, a quem aguardávamos; na Sua salvação exultaremos e nos alegraremos” (Isaias 25:9) (SE 103)*.


INTERPRETAÇÃO


Participe – Discuta em Grupo:
Qual a verdade central ensinada por Jesus quando compara Sua volta com o que aconteceu nos dias de Noé?


Ilustração


Manhã fria de 1942. Em um campo de concentração, um rapaz olha através da cerca de arame farpado e vê uma jovem linda como a luz do Sol. A garota também o vê e seu coração pula como um cabrito perseguido por um enxame de abelhas. Ela quer expressar seus sentimentos e atira uma maçã vermelha pela cerca. O rapaz a recolhe e um raio de luz ilumina seu mundo obscuro. O jovem não dorme aquela noite. O rosto angelical e o sorriso tímido da jovem vêm à sua lembrança. No dia seguinte, aproxima-se outra vez da cerca e, para sua surpresa, vê a jovem de novo. Ali está ela, com outra maçã vermelha na mão. O incidente se repete vários dias. Só por um momento. Apenas para trocar olhares ternos. Certo dia, o jovem lhe diz. – Amanhã não me traga a maçã. Vou ser transferido. Desde aquele dia, a imagem linda da jovem aparece em sua mente nos momentos de tristeza. Os anos passam. Um dia, nos Estados Unidos, dois adultos se conhecem por acaso em um restaurante – Bem, onde você esteve durante a guerra? – pergunta a mulher. – Estive em um campo de concentração na Alemanha – responde o homem. Eu me lembro de que jogava maçãs a um jovem recorda a mulher. E esse jovem lhe disse um dia: “Amanhã não me traga a maçã, porque vão me levar para outro campo de concentração”? – Sim – ela respondeu, mas como você pode saber algo sobre isso? Ele fixa os olhos nos da jovem e lhe diz: - Eu era esse jovem. Silêncio!.. Tantas lembranças, as palavras quase não lhe saem, mas continua: - Separaram-me de você um dia, mas nunca perdi a esperança de voltar a vê-la. Quer se casar comigo? Abraçam-se bem forte, enquanto ela sussurra em seus ouvidos: - Sim, claro que sim, mil vezes sim (SE 103 a 105)*.


APLICAÇÃO


Participe - Discuta em Grupo:
Quão importante é manter viva a esperança e se preparar para a volta de Jesus?


CONCLUSÃO


“O mundo já é um fruto maduro para ser colhido. Cristo volta para pôr um ponto final à história do pecado. Vem para levar você. Volta para dizer que nunca perdeu a esperança de voltar a vê-Lo. Há um lugar no Céu para você e nada será igual sem a sua presença. Você é a coisa mais preciosa que Jesus tem na Terra. Assim como você é. Com suas alegrias e tristezas. Com suas lutas e conflitos. Com seus acertos e erros. Você é muito importante para Jesus. Por isso, Ele veio morrer por você na cruz do Calvário e voltará para levá-lo com Ele. Você está pronto?
A resposta é só sua” (SE 94, 105)*.

 

 

 

 

ESTUDOS BÍBLICOS

 

© 2011 Cegos Adventistas, Site de Aúdio Visual